Direito e Sustentabilidade: Realizado, em Curitiba, pioneiro Congresso de grande repercussão e alta qualidade científica: O próximo será em Belo Horizonte (18 e 19 de junho de 2012).

Fonte: Informativo IP | Data: 18 de november, 2011

Com avaliação extremamente positiva dos congressistas, que, em 3 dias, permaneceram atentos ao grande ciclo de conferências, ocorreu o histórico Congresso Brasileiro de Direito e Sustentabilidade, no Hotel Bourbon, em Curitiba, nos dias 9 a 11 de novembro de 2011. Com as presenças de 46 expositores de alta qualidade, inclusive três Ministros (Presidente do TCU, Benjamin Zymler, o Advogado-Geral da União e o Min. do STJ, Paulo Sanseverino), o evento foi aberto pela Des.Marga Tessler, presidente do TRF-4, seguida  pelo Prof. Juarez Freitas, um dos maiores administrativistas brasileiros da atualidade, que discorreu sobre o princípio constitucional do desenvolvimento sustentável, em suas várias aplicações em todo o sistema jurídico, a ponto de se converter em novo paradigma de interpretação do Direito. Foi, também, o coordenador científico e responsável por observações oportunas e inteligentes sobre cada uma das exposições, ao longo de todo o evento.


 


 


Os congressistas consideraram ter experienciado um "evento histórico" (expressão muito repetida), pois jamais havia ocorrido evento dessa magnitude, relacionando Direito e Sustentabilidade. A premiada Curitiba foi escolhida para sediar esse primeiro Congresso, justamente por ser uma cidade-símbolo da busca de sustentabilidade. Além das palestras e dos elogiadíssimos cases, houve, à noite, o III Fórum de Altos Estudos, com a apresentação de 11 papers.


 


 


O evento teve o patrocínio de Itaipu, Itaú, Natura, Neoenergia e Copel e foi uma vitoriosa promoção do Instituto Brasileiro de Altos Estudos de Direito Público e da AJUFE, com ampla repercussão na mídia e nas redes sociais.


 


 


O II Congresso Brasileiro de Direito e Sustentabilidade já está programado. Será, em  Belo Horizonte, no Ouro Minas Hotel, 18 e 19 de junho de 2012. A julgar pelo primeiro, um Congresso imperdível.