Saúde: Brasileiros consomem 6 vezes mais sódio do que os médicos recomendam: Risco de câncer no estômago

Fonte: Fantástico/Globo | Data: 14 de august, 2012

Uma estatística preocupante: nós estamos consumindo, por dia, seis vezes mais sódio do que os médicos recomendam. E o pior é que muitas vezes nem fazemos ideia de onde esse perigo se esconde. Só este ano, a previsão é de que 20 mil pessoas vão ter câncer de estômago no Brasil. O número de casos não para de crescer. Um dos principais responsáveis é o sal, nome químico: cloreto de sódio.




O sódio é o vilão dessa história. Um estudo feito na Inglaterra mostra que diminuir o sódio na alimentação é uma necessidade urgente. Segundo a pesquisa, se os ingleses diminuíssem o consumo de sódio, um câncer de estômago em cada sete poderia ser evitado na Inglaterra. E no Brasil, isso também se aplica?




"Certamente, sim. Dado esta relação forte entre a ingestão excessiva de sódio e o câncer de estômago", diz o oncologista Rafael Albagli. A Organização Mundial de Saúde recomenda o consumo máximo de 2 gramas de sódio por dia. “E o povo brasileiro consome 12 gramas por dia”, alerta Mônica Dalmacio, nutricionista.




Isto é: 10 gramas a mais do que o recomendado. Muita gente consome sem saber.




“O sódio é um metal que está distribuído na natureza praticamente em tudo. Nem tudo o que a gente lê no rótulo é sabor salgado porque não é o sal da cozinha”, explica a nutricionista.




O problema é que é difícil, só olhando o rótulo, saber se um alimento tem muito ou pouco sódio. A proposta dos autores da pesquisa para o governo da Inglaterra é obrigar os fabricantes a indicar a quantidade de sódio de um alimento pela cor. Por exemplo, alimento com pouco sódio traria na embalagem uma bolinha verde. Uma quantidade média, bolinha amarela. E os produtos com muito sódio, bolinha vermelha.




“É a melhor forma de ajudar as pessoas a re duzirem o consumo de sódio”, afirma Kate Mendoza, diretora da organização que fez a pesquisa.




Você saberia dizer qual alimento tem muito ou pouco sódio? Para fazer um teste, o Fantástico montou no meio de um corredor de supermercado uma banca e pediu para as pessoas colocarem na mesa verde, aqueles alimentos que elas acham que têm pouco sódio. Na mesa amarela, aqueles alimentos com a quantidade moderada, e na mesa vermelha, aqueles alimentos com muito sódio. Será que elas vão acertar?




“Você tem noção do que tem muito sódio, do que tem pouco?”, pergunta Renata Ceribelli.




“Eu acredito que sim”, responde Viviam.




"Sinal vermelho para todos os embutidos, não só a linguiça, o salaminho, hambúrguer e a salsicha", diz a nutricionista Mônica Dalmacio.




Molho de tomate no vermelho. "Tem muito sódio e está principalmente no conservante", alerta.




“Os embutidos, como presunto e peito de peru, têm uma quantidade enorme de sódio”, explica Mônica Dalmacio.




O militar Sidnei Gonçalves colocou a goiabada no verde, mas o certo é no vermelho. “O produto doce, eu pensei que não tivesse sal nenhum”, justifica.




“Pode ter sal sim, inclusive nem tudo que a gente acha que tem sódio é salgado. No caso da azeitona, ela tem a conserva. A água para conservar é repleta de sal, é a maneira que você tem de conservar um alimento. Ela tem uma quantidade enorme de sódio, por causa da água para conservar. Então você tira a porção que vai consumir, lava com água filtrada, para reduzir o teor de sódio”, sugere Mônica Dalmacio.




Mãe e filhas estavam cheias de dúvidas. Bisnaguinha elas colocaram como tendo pouco sódio. “Mas não tem pouco sódio, não. Os pães em geral têm uma quantidade grande de sódio. A sopa de pacotinho é vermelho com certeza, porque tem uma quantidade muito grande de sódio”, ressalta a nutricionista.




Assim como a salsicha, o macarrão e o pão de queijo, que elas também puseram no lugar errado. A gente sabe que está consumindo muito sódio e não consegue medir esta quantidade. Existem alguns alimentos que conseguem anular este efeito do sódio no nosso organismo?




“Anular não sei se seria a palavra ideal, mas minimizar: a água, para diluir a quantidade de sódio que você está consumindo. Aumentar produtos vegetais, verduras, legumes e frutas, principalmente a água de coco. São alimentos fonte de potássio. O potássio é um contrabalanceador natural do sódio”, explicou Mônica Dalmacio.




“A gente sempre se preocupa com a gordura, se vai engordar. E não presta atenção no sódio. Está faltando informação”, ressaltou a funcionária pública Elaine Rocha