Big Data: Novos Desafios de Gestão

Fonte: Info | Data: 09 de december, 2013



Fonte: Info

O instituto de pesquisas IDC Brasil realizou, no fim de agosto, o IDC Brazil BI & Big Data Conference 2013, um evento dedicado ao debate sobre o futuro do big data no país e, de quebra, selecionou e premiou os melhores cases de sucesso. Entre os cinco finalistas do evento, o que mais impressiona é a homogeneidade da lista: Buscapé Company, Universidade Metodista de São Paulo, Escritório de Prioridades Estratégicas de Minas Gerais, Votorantim Cimentos e a Secretaria Nacional do Ministério da Justiça foram os selecionados. As diversas formas de usar o big data ficam clara nos projetos. A Universidade Metodista, por exemplo, foi indicada pelo Intelligere, um projeto que tem como objetivo "melhorar o processo de aprendizagem e assegurar o sucesso do aluno em completar seu percurso acadêmico no praz o definido e dentro dos parâmetros de qualidade especificados, por meio da aplicação de estudos analíticos aos processos de aprendizagem, avaliação e acompanhamento da vida do aluno". Ou seja, usando todos os dados de um só aluno, é possível saber onde ele precisa melhorar e o que precisará fazer para não ficar mais tempo na faculdade.

Já o Escritório de Prioridades Estratégicas de Minas Gerais, que foi o grande vencedor do evento, visa à transparência de dados do governo, disponibilizando informações da gestão pública para, com isso, conseguir desenvolver novas políticas públicas com participação da população. O resultado foi a reunião de dados sobre pontos imp ortantes da sociedade (como educação e saúde, por exemplo), para que todos saibam onde os problemas mais graves se encontram e que medidas podem ser tomadas com maior velocidade.

Analisando os cinco finalistas, o critério do IDC Brasil fica claro: a capacidade de analisar e explorar valor foi o foco, principalmente em casos em que os dados foram usados para a tomada rápida de decisões, encurtando processos e economizando recursos. A capacidade de analisar os dados é fundamental para que esse tipo de situação aconteça – não basta ter um amontado de dados se não se sabe ao certo como eles podem beneficiar seu negócio.

O evento também revelou as estimativas do IDC Brasil em relação à movimentação financeira que o negócio irá gerar em 2013: 285 milhões de dólares apenas no Brasil. Ainda segundo o IDC, as projeções indicam que esse valor ultrapassará a marca do 1 bilhão de dólares em 2017. Investir em novas tecnologias e pessoas dedicadas ao uso de um número cada vez maior de informação será essencial para que novas empresas e governos brilhem nos próximos anos.