Equidade: Desenvolvimento humano: Pesquisa traça o quadro brasileiro

Fonte: IPEA | Data: 01 de april, 2016

Fonte: IPEA

O Sudeste é a região do país com maior Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, enquanto o Nordeste registra o menor coeficiente
Ipea, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e Fundação João Pinheiro disponibilizaram, no dia 31 de março de 2016, o livro "Desenvolvimento Humano nas Macrorregiões Brasileiras". A publicação revela que todas as macrorregiões brasileiras estão na faixa de médio ou alto desenvolvimento humano.
Entre 2000 e 2010, as regiões que tiveram o crescimento do Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) mais acelerado foram o Norte e o Nordeste.
Ainda assim, estão com os menores IDHMs do país – 0,667 e 0,663, respectivamente. O maior IDHM registrado foi o da região Sudeste com valor de 0,766, seguida pela região Centro-Oeste, com 0,757. A região Sul está com o IDHM de 0,754.
Um dado importante apontado pelo estudo mostra que a diferença no ritmo do crescimento possibilitou manter a o nível da desigualdade constante entre as regiões brasileiras entre 1991 e 2000 e reduzi-lo na década seguinte, 2000 e 2010. Acesse a publicação “Desenvolvimento humano nas macrorregiões brasileiras”