Governo Eletrônico: Conheça pesquisa

Fonte: InovaGov | Data: 09 de september, 2018

Fonte: InovaGov


Já se encontra disponível para consulta a  10ª edição da Pesquisa sobre Governo Eletrônico das Nações Unidas. Realizada desde 2001, a pesquisa  avalia o status de desenvolvimento do governo eletrônico de todos Estados Membros da ONU. A metodologia utilizada permite medir a eficácia do governo eletrônico na prestação de serviços públicos e identificar padrões de desenvolvimento e desempenho.


A partir dos dados coletados e analisados, é possível ainda identificar países e áreas onde o potencial das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) e do governo eletrônico ainda não foi totalmente explorado e onde o apoio ao desenvolvimento de capacidades pode ser útil. Trata-se de uma ferramenta de desenvolvimento para os países aprenderem uns com os outros, identificarem áreas de força e desafios no governo eletrônico e moldarem suas políticas e estratégias nessa área. Ela facilita as discussões dos órgãos intergovernamentais, inclusive das Nações Unidas.


De acordo com a Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), o governo eletrônico ajuda a melhorar a eficiência em tarefas de processamento em massa e operações de administração pública. Aplicativos baseados na Internet podem gerar economia na coleta e transmissão de dados, fornecimento de informações e comunicação com os cidadãos. Eficiências futuras significativas são prováveis através de maior compartilhamento de dados dentro e entre governos. Ou seja, acompanhar a transição digital é de suma importância para o processo de simplificação burocrática, para a melhoria dos serviços públicos e, consequentemente, para a experiência dos usuário


No último relatório, o Brasil subiu sete posições, passando da 51ª para a 44ª posição. Isto é, o país apresentou melhora significativa na implementação de serviços digitais, acompanhando uma tendência global positiva e persistente em direção a níveis mais altos de desenvolvimento do governo eletrônico. Você pode saber mais sobre o que tem sido feito internamente sobre Governo Digital aqui.